Viver & Trabalhar

Abro esta página influenciado pelo programa Globo Repórter difundido em Julho de 2014, que atraiu a atenção dos Brasileiros para o Panamá.

Antes de tudo, tenha em mente que o Globo Repórter teve um viés quase que exclusivamente turístico, mostrando as belezas e facilidades do país para quem vem visitar. Mas o dia-a-dia, viver e trabalhar, no Panamá “são outros quinhentos”.

Antes de tomar qualquer decisão precipitada de imigrar para o Panamá, se aprofunde nas informações e na nova vida que quer levar… E, de antemão, sem querer ser muito negativo, devo dizer que, em geral, viver fora do seu país de origem nunca é fácil.

Mas, sendo positivo, existem vários graus de dificuldade (ou facilidade) também. No entanto, antes de entrar nos detalhes, tenha em mente o seguinte: ao mudar de país você vai começar uma vida nova, e ao começar uma vida nova a realidade é mais difícil do que parece…

Mas por que você diz isso, Anderson? Por  várias razões:

  1. A língua e a cultura: você vai chegar em um lugar bastante diferente do que você nasceu e viveu a vida toda, por isso precisa ter a mente aberta para encarar essa nova forma de ver e viver a vida. Se você não tem essa flexibilidade, já estará começando com o pé errado, e provavelmente você vai se dar mal;
  2.  A “rede de segurança”: você estará sozinho aqui (mesmo que venha com sua esposa e filhos), em num lugar novo, ou seja, você não tem aquela rede de segurança que são os  seus parentes, amigos e outros para te ajudar nas horas de urgência;
  3. O Panamá é para os panamenses (assim como os EUA é para os estadunidenses e etc.): ao chegar em um país novo você será apenas um imigrante e ponto final! Um país tem sua estrutura feita para o nacional daquele país (como é no Brasil). Se você é médico ou engenheiro formado no Brasil, seu diploma não terá validade aqui, e isso é assim em qualquer país. Então, não se iluda pensando que tudo vai ser fácil no Panamá, simplesmente porque não vai.
  4. Começar do zero é como nascer de novo: você vai ter que iniciar seu processo do zero para que você seja reconhecido como pessoa! Legalizar seu estado imigratório, obter documentação nacional (identidade, carteira de motorista, previdência social…), iniciar sua vida bancária (sem ter referência nenhuma), alugar um apartamento, procurar um emprego que se encaixe no seu perfil (se sua profissão não for reconhecida aqui)…

Depois de pesar tudo isso, caso você queira tentar a vida no Panamá, seguem algumas dicas práticas:

  •  Processo de Imigração:

Primeiramente, recomendo você visitar o Panamá como turista antes, para conhecer o país e entender suas possibilidades. Brasileiros podem ficar aqui com visto de turista por até 180 dias (sendo que após 3 meses sua CNH perde validade, você tem que obter uma “CNH” local).

Após entrar no Panamá, você pode iniciar seu processo de imigração.  Seja como estudante, residente temporal ou residente definitivo, você tem que entender as leis e processos para passar por esta parte. Um advogado local é essencial e todo o processo vai te custar entre USD 3.500 a 5.000 .

Para maior info, acesse o Serviço Nacional de Imigração do Panamá 

  • Viver no Panamá
  1. Segurança: o Panamá é considerado o país mais seguro da América Central, e infinitamente mais seguro que o Brasil. Mas aqui não é o paraíso na Terra. Onde há um tal de “ser humano”, existe potencial para violência, e aqui não é diferente. Mas alguns crimes que são considerados “normais” no Brasil, aqui acontecem em casos extremos e em baixíssima frequência (como sequestro relâmpago), e existem zonas com altíssimo nível de criminalidade, principalmente devido ao tráfico de drogas;
  2.  Moradia: há um boom imobiliário no Panamá. A febre dos “micros” apartamentos ainda não chegou por aqui e, no geral, é difícil achar apartamentos menores que 90 metros quadrados! A oferta de apartamentos é muito grande e o sistema bancário é bem internacionalizado, com muitas opções de financiamento de casa própria com juros anuais entre 5 a 8%. O preço do metro quadrado também varia muito de acordo com o bairro na Cidade do Panamá, de USD 1,200 até USD 8,000 se você quer morar na orla de frente pro mar. Esse valor cai para menos de USD 800 nas cidades da região metropolitana. Se pode viver também no interior e nas praias, mas são regiões com pouca oferta de emprego, por isso normalmente são escolhidas para quem está vindo se aposentar. O aluguel na Cidade do Panamá  é que é alto para o nível da cidade, e gira em torno dos USD 1,500 em apartamentos de 3 quartos com 150m2. Na orla, o valor pode aumentar até USD 3,000.
  3. Trânsito: caótico! A Cidade do Panamá é pequena e teve um crescimento desorganizado, então as ruas e suas vias são basicamente vicinais que recebem um grande fluxo de carros nas horas de pico (7 as 9h e de 17h as 19h). Junte-se a este fato os motoristas no Panamá que não tem a menor civilidade no trânsito, todos dirigem de forma muito agressiva e mal-educada, onde impera a lei dos mais fortes (o carro maior sempre domina). No entanto, é raro ver brigas (e mortes devido a brigas) por causa do trânsito: quando há uma batida, no geral, as pessoas reagem com calma!
  4. Custo de vida: sim, as coisas no Panamá são bem mais baratas que no Brasil, mas ainda mais caras que nos EUA. No entanto, o custo de vida depende diretamente da sua renda e de como você está disposto a viver! E infelizmente o nível médio de renda no Panamá, para os locais, é relativamente baixo. Um salário mínimo gira em torno dos USD 500,00. Um Gerente de Banco não ganha mais de USD 2,500 por mês. Então tudo vai depender da sua renda e do seu modo de viver.
  5. Educação: educação pública é como no Brasil: de baixa qualidade, escolas ruins e muitas greves. As escolas particulares panamenses, no geral, são boas. As melhores são as escolas particulares com currículo internacional (seja americano ou europeu) pois são bi ou trilíngues e tem muito mais recursos para ajudar os alunos, além de bons professores. A Universidade Pública no Panamá é gratuita. No entanto ela não tem todos os cursos e talvez seja necessário recorrer as Universidades Privadas para certas carreiras. No geral, o ensino superior no Panamá ainda é débil, com certeza você estará melhor estudando numa Universidade no Brasil.
Tabela de referência de Salários em dòlar (Média em 2012). Jornal La Prensa.
  1. Saúde: O Panamá conta com bons hospitais particulares e uma gama de planos de saúde para dar suporte às pessoas. Muitos dos médicos panamenses estudaram ou fizeram residência médica nos EUA, o que eleva o padrão de atendimento nos Hospitais particulares. Uma consulta particular custa, em média, USD 50,00 e normalmente os consultórios são totalmente equipados (ex: no pré-natal, você faz a consulta e exames no mesmo consultório, não precisa pular de hospital em hospital para fazer diferentes exames). No entanto, a rede pública é  igual a do Brasil: cheia e carente. Ademais, para ser atendido na rede pública você precisa pagar o plano estatal de seguro saúde, que custa uns USD 40,00 por mês.
  • Trabalhar no Panamá: para trabalhar no Panamá, como imigrante, você tem basicamente 4 opções:
  1. Ser expatriado por uma empresa: e normalmente é dessa foram que a maioria dos Brasileiros vem pro Panamá, por meio de um trabalho já fixo e acertado com a empresa ates de chegar aqui. Esse é o melhor dos mundos pois, primeiramente, você já tem algo certo aqui, não precisa “tentar a sorte”. Segundo, o nível de salário de um trabalhador internacional expatriado é muito, mas muito maior que nos trabalhadores locais (reflexo direto da qualificação de mão de obra). Terceiro:  você já vem com uma certa “teia de segurança”, pois a empresa vai te ajudar com a mudança, achar um local para alugar, te dar as referências para abrir conta no Banco, cuidar do seu visto de trabalhar, dar seguros de saúde e vida, chegando até a te ajudar com carro.
  2. Ser empreendedor: se você tem suas economias você também pode abrir seu negócio no Panamá. O Governo facilita bastante a vida para quem vem aqui investir mais de USD 100.000 em um negócio: facilidade para obter vistos de trabalho e isenções de impostos, por exemplo. Mas cuidado: montar um negócio aqui não é garantia de sucesso, isso requer bastante planejamento e conhecimento das necessidades locais.
  3. Ser aposentado: os aposentados são “bem vistos” aqui. O Governo tem uma política oficial de tornar o Panamá um “paraíso” para aposentadoria. Por isso os aposentados tem facilidades para obter o visto de residência além de contar com vários descontos em supermercados, restaurantes e cinemas. No entanto, o lugar preferido pelos aposentados ou é praia (principalmente Coronado) ou a comunidade de montanha de Boquete (já perto da divisa com Costa Rica);
  4. Disputar mercado com os Panamenses: não à toa que deixei esta como a última opção, pois realmente é a menos atraente, uma vez que você teria de vir com a “cara e a coragem” para se lançar ao mar e ter que fazer todo o processo por sua própria conta e risco: formalizar a imigração (visto), se estabelecer e arranjar um emprego. Tenha em mente que: (a) você só vai poder arranjar um emprego, formal, se tiver autorização de trabalho; e (b) você vai concorrer com os panamenses (que são nativos em español) e receber o mesmo salário de nível local. Para conhecer ofertas de emprego acesso os sites: Estas Contratado ou Konzerta ou Busca Fácil.

OBS: Algumas profissões são “reservadas” para os Panamenses (medicina, engenharia, arquitetura, professor, enfermagem só podem ser exercidas por Panamenses ou Estrangeiros Nacionalizados).

Ao final, a decisão de imigrar ou não é algo muito pessoal e que envolve muitos fatores. Não sou o dono da verdade e nem quero que este post seja interpretado um grande “contra” ou que esteja “floreando” demais a realidade a ponto de decepcionar quem queira vir para cá. Portanto, “tome com moderação” as informações listadas aqui e não se limite a elas, pesquise e pesquise mais. Tenha em mente que você vai precisar conhecer algum grau de español para se mudar para cá. Por fim, caso saiba inglês, há uma infinidade de blogs que estadunidenses que vivem aqui no Panamá e que podem te ajudar com dicas de sobre como viver e trabalhar aqui também!

Não se esqueça: tome uma decisão informada! Pesquise, e pesquisa muito antes de se lançar ao Panamá. Por mais que eu queira, não posso ajudar a todos fornecendo todo o tipo de informação detalhada que cada um necessita em diferentes níveis! E também acho perigoso dar muitas opinioes pois não quer ser responsável em influenciar uma decisão tão importante e delicada.

Por isso, não se feche somente aqui no Blog. Leia muito, pesquise… Existem muitos blogs de expatriados latinos e americanos que dão valiosas dicas sobre a vida no Panamá. Ainda, busque a comunidade “BRASILEIROS NO PANAMÁ” do Facebook e converse com diferentes pessoas sob diferentes pontos de vista.

Boa pesquisa!
 

1) Educação (escolas particulares internacionais)

2) Educação (escolas particulares nacionais)

  • The Episcopal School in El Carmen
  • St Mary’s School
  • Crossroads Christian Academy
  • Colegio Las Esclavas (somente meninas)

3) Emprego (sites de busca)

4) Saúde (hospitais particulares)

5) Imoveis

6) Imigração

 

Sites e Blogs de Referência (podem estar em outras línguas)…

  • Quanto custa viver no Panamá? (Blog em espanhol)
  • Trâmites burocráticos para visto de residente/trabalho no Panamá (Blog em espanhol)
  • Profissões que são exclusivas para os Panamenses (e proibidas para estrangeiros)
Anúncios

23 comentários sobre “Viver & Trabalhar

  1. Gostaria de informações de como trabalhar com futebol no Panamá. Sou profissional da área na função de treinador com grande experiência em clubes brasileiros. Meu currículo e trabalho pode ser facilmente visualizado pelo Google ou Wikipédia, basta buscar por Nasareno Silva.

  2. Seja nosso primeiro reveste portadoras de uma saudação de cordial e ao mesmo tempo o desejar / o sucesso dela nas funções delicadas.
    Nós somos uma companhia panamenha dedicada ao remodelação de espaços, nós aconselhamos e nós oferecemos opções a nossos clientes em tipos diversos de fim, podendo levar a cabo os conceitos requereu para quem nos contrate, até projetar se é o caso, nosso pessoal é força de trabalho qualificada que que nos permite garantir todos os serviços que nós emprestamos.
    Nós trabalhamos dentro de e fora da cidade de Panamá, nos agrada explicando o detailedly de passos para continuar levando a cabo cada projeto, de lá a confiança de cada cliente, nossa carta de apresentação reside a experiência dentro nosso levou a cabo trabalhos, nós levamos projetos de trabalho cinza até seus forros e limpeza de final para sua entrega
    Nós somos especialistas dentro:
    Gesso Chãos De pintura e Céus Papel de Pvc de Parede e de Copo, Papel Desígnio de Microperforado de Interiores e exterior (faz 2D-3D) Cozinheiro Banheiros Portas Azulejos de Windows (alumínio / copo), Azulejos e Passeio de Mosaicos em Armário Eletricidade Encanamento Alvenaria Jardins Artificiais o Aires Limpeza Condicionada industrial entre outro.

    Nós somos o deles a maioria disposição sincera com qualquer consulta ou pergunta que você tem, nos contate!!!

    Cite!!!

    Ángel Boada telefone: 233.44.24
    agora mesmo nossa pagina web nao esta active.

    1. Bom dia Angel
      Sou empresário no ramo de telhados americanos shingle (tejas asfálticas) e estou interessado em investir e trabalhar no Panamá.
      Pergunto à você se este mercado de instalação e manutenção de telhados é muito procurado pelo Panamenhos.
      No aguardo de sua resposta.

  3. kkkk concordo com o transito caótico! O transito na Cidade do Panamá é terrível! Os motoristas abrem a mão na buzina o tempo todo. As corridas de taxi também são muito caras…
    mas a cidade é muito bonita!

  4. Já pesquisei bastante sobre o Panamá, então contratei um advogado no Panama para formalizar a abertura da minha empresa e vistos de residente, irei em junho para assinar os papeis de abertura de conta juridica e demais documentos e em setembro indo definitivamente. juntando todas as economias teremos capital suficiente para recomeçar. o Brasil está complicado a atual situação politica/economica.

    1. Olá, Nei. Pode me passar o contato do advogado? Quando ele cobra pelo serviço? Meu esposo e eu também pretendemos abrir negócio no Panamá. Obrigada, Keila

  5. Boa tarde Caro,
    Parabéns pelo blog. Traz uma visão realista e cotidiana para quem deseja ir praí. Como estou pensando nisso.

    Gostaria de dicas de Universidades boa na cidade do Panamá. Que fossem de nível compatível com PUC Rio, FGV e IBMEC. E também dicas de bairros bons próximos a Balboa.

    Desde já, obrigado.

  6. Olá, Nei. Pode me passar o contato do advogado? Quando ele cobra pelo serviço? Meu esposo e eu também pretendemos abrir negócio no Panamá. Obrigada, Keila

  7. Grato pelo informe
    Sou aposentado e trabalho em obras petrolíferas e mineracao mas áreas de eletirca instrumentação e processo além de ser professor destas áreas técnicas.
    Se puder me informar mais sobre minhas possibilidades agradeço

    Vilson Lemos

  8. Caro amigo, como estás? Admiro muito sua fé e coragem por estar em outro pais, poisja tive essa experiência mas por pouco tempo, meu whatsapp é +55 21 99587-7160 Daniel

  9. Boa noite, show seu comentário. E pelo seu comentário gostaria de saber sua opinião
    Sou Eletricista tenho uma firma pequena aqui no Brasil de Eletrica, Hidráulica e Refrigeração além de uma renda de 2 mil por mês. Estava pensando em ir morar em Playa Del Carmen no México até saber de Boca Del Toro. Já morei fora em Miami, Orlando e Cancun tenho hj tenho um nível médio em Espanhol e Inglês nada que com a prática fique excelente. Pergunto : Com esses 2 Mil reais consigo alugar algo relativamente bom em Boca para tentar a sorte? Só tenho essa dúvida muita coragem, disposição E nenhum medo ou timidez. Vlw

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s