Arquivo da categoria: Hospedagem no Panamá

Hotéis para pernoite durante conexão no Panamá

Acaba se ser inaugurado o Hotel Crowne Plaza Panama Airport, sendo portanto uma nova opção de Hotel para um pernoite em Tocumen durante seu voo de conexão (caso não tenha tempo hábil de ir para a Cidade do Panamá), sendo agora 3 Hotéis próximo ao aeroporto, a saber:

mapa

Em todos estes, há transfer gratuito Aeroporto-Hotel-Aeroporto!

Boa viagem!

 

Hard Rock Hotel Panamá: o Hotel que é um destino por si só…

Hoje passo por aqui bem rápido para mostrar a vocês o Hard Rock Hotel Panamá, que eu costumo dizer, é um destino por si só na Cidade do Panamá. É tão verdade que, quando tenho visitas em casa, sempre os levo ao Hotel, seja para uma janta, uns drinks, ou simplismente conhecer a suntuosidade do lugar.

Fachada, Hard Rock Hotel Panama
Quarto do Hard Rock Hotel Panamá. Foto por http://es.paperblog.com/

Aí você me pergunta:
– mas por que isso, Anderson?

Simples:
– porque o Hotel é legal d.e.m.a.i.s!

 

Obs: não se trata de um post publicitário, não ganho nada com isso, por isso passo minha mais pura impressão sobre o local, tanto positiva quanto negativa…

Lobby Hard Rock Hotel Panamá. Fonte: http://www.arrakeen.ch
Lobby do Hard Rock Hotel Panamá
Piscina do Hard Rock Hotel Panamá

Bom, o Hard Rock Hotel é um Hotel novo, tem menos de dois anos de inaugurado, e está localizado bem na parte mais central da Cidade do Panamá, anexado ao shopping Multicentro, ao Hotel Radisson Decapolis e ao um Cassino (todos fazem parte de um mesmo complexo). A vista em si não é da melhores, já que é cercado por dezenas de outros predios e tem vista parcial da Bahia, além de estar ao lado de um rio usado como esgoto (as vezes fede sim ao redor). Mas o Hotel compensa esse com o luxo e a originalidade!

O Hotel está sendo bastante frequentado, até por celebridades! Ele tem uma super piscina com borda infinita onde você pode esbarrar com um lutador de UFC ou um(a) cantor(a) latino(a).

Os quartes são novos e versáteis, a um preco que não é tão astronômico quanto uma pessoa pensa (há promocoes comecando em USD 99,00 por diária).

Toda a decoracão é super descolada, vale muito a pena conhecer o conceito. Mas a festa mesmo acontece no Lobby, restaurantes e bares! Se você estiver em outro Hotel, vale a pena visitar o Hard Rock.

Bares: há 3 bares no complexo:

  • Stage Bar: com música ao vivo, gratuita, e noites de Rock as sextas.
  • Lobby Bar: com ótimos drinks.
  • BITS Rooftop Bar: na cobertura do Hotel, 62o andar, de onde se tem uma visão panorâmica da cidade (a melhor da cidade, mas só abre de quinta a domingo).
Stage Bar. por http://www.arrakeen.ch
Ciao Restaurant. Hard Rock Hote por http://www.arrakeen.ch
Bar BITS (Cobertura). Foto http://www.hrhpanamamegapolis.com/

Boate:

  • Bling: uma das boates mais requisitas da Cidade do Panamá
Boate Bling. Foto de divulgacao.

Restaurantes: existem 4 no local

  • Ciao: para comer pizzas e tapas espanholas inspiradas em frutos do mar
  • Tauro: uma steakhouse
  • Soy: de comida asiática
  • Baazar: comida Bufeet e Brunchs
Restaurante Baazar: the HRH Panamá

Spa e Academia:

Pontos Negativos:

  • Como nem tudo são flores, no geral, o Hotel deixa a desejar um pouco na parte de servicos (já ouvi algumas reclamacoes, também pelo TripAdvisor). Só que servico de baixa qualidade é quase um regra no Panamá…
  • Os drinks são os mais caros do Panamá.
  • Alguns restaurantes são mais caros que a média de outros restaurantes no Panamá.

 

Ainda assim, creio que vale uma visita, pela diversão, há de se “enfiar o pé na jaca” uma vez na vida! Boa viagem!

 

Hotel no Panamá: um bom negócio para o turista!

Na semana passada, o Jornal La Prensa veiculou a reportagem abaixo sobre a guerra de preços entre Hotéis na Cidade do Panamá, o que é uma ótima notícia para os turistas, pois quanto mais oferta, menor o preço.

Fonte: la Prensa
Fonte: la Prensa

Como havia explicado antes, há poucos anos atrás a quantidade e a qualidade de Hotéis no Panamá era duvidosa. Mas desde a devolução do controle do Canal pelos EUA aos Panamenhos, o país está vivendo um crescimento econômico impressionante impulsionado pela grande quantidade de empresas internacionais que se instalam por aqui.

Ou seja, as empresas trazem uma grande quantidade de expatriados para trabalhar, que demandam um aumento da estrutura geral da cidade (serviços, restaurantes, compras, diversão…). Assim atrai-se turistas de negócio e de lazer.

Além, é claro, da própria Copa Airlines que permite ao viajante, em conexão internacional, ficar até 2 dias no Panamá sem pagar nenhuma taxa extra de remarcação de passagem!

Segundo o Jornal, baseado em dados da Autoridade de Turismo do Panamá e a Associação Hoteleira do Panamá (Apatel), a quantidade de quartos de hotel aumentou 40% entre 2010 e 2013, o que reflete em algo de 4 a 5 mil quartos disponíveis só na Cidade do Panamá (mais uns 2 mil no interior e nas praias) sendo que se esperam mais 4 mil quartos a serem disponibilizados em todo o país até 2015 (nos Hotéis em construção).

Somente até Setembro de 2013 entraram no Panamá 1,5 milhões de turistas, resultando numa média de ocupação hoteleira de 52%. Isso significa que metade dos quartos fica ociosa, e pelas leis de mercado, maior oferta significa menor preço.

Quarto Luxo, Trump Ocean Clube & Hotel. Foto de divulgação.

É exatamente isso que está acontecendo no Panamá: uma chuva de ofertas e uma briga ferrenha por hóspedes que resultam em descontos que variam de 20% a 45% no valor das diárias! E eu considero esse fato uma grande oportunidade para o turista porque a linha de base de hotéis no Panamá é, geralmente, muito nova!

Muitos dos hotéis em operação aqui tem menos de 7 – 5 anos de idade e são praticamente todos pertencentes às cadeias internacionais famosas (Waldorf Astoria, Wyndham, Riu, Hard Rock, Marriot, Blue Tree, Hilton, Sol Melia, Intercontinental, Le Meredien, etc…), de categorias de  3 a 5 estrelas!

Por exemplo, segundo a Apatel o Hotel Riu Plaza (+4 estrelas) tem promoções de quartos à USD 69,00 para os fins de semana, enquanto o Hard Rock chega a oferecer quartos por USD 95,00 (enquanto o valor da diária, em média, nestes Hotéis fica em USD 130,00 durante a semana)!

OK, você pode ainda argumentar que pagar R$ 158,00 (com cambio à R$ 2,30/US$) é “meio pesado”. Só que eu te pergunto: em que lugar do Brasil você consegue se hospedar em um Hotel novo, 4 estrelas, por menos de R$ 200,00?  (lembre-se uma boa noite de sono também faz parte da diversão!).

Quarto Deluxe, Hard Rock Hotel (HRH) Panamá. Foto de divulgação.

Dicas:

  • Não existe site nacional no Panamá que centralize reservas ou qualificações de Hotéis, assim abuse de ferramentas como Booking.com; Tripadvisor; Expedia; Kayak e outros buscadores/comparadores, principais os de origem norte-americana e européia que oferecem bons descontos (lembre-se de usar cartão internacional);
  • Evite Hotéis pouco conhecidos/suspeitos! Já vi notícias de turistas roubados dentro de Hotéis de baixa qualidade ou em bairros perigosos (principalmente em Calidonia, San Felipe e Chorrillo). Lembre-se: sua segurança vem em primeiro lugar…
  • Evite Hotéis reservados por meio de pacote turístico e agencia de viagens. Normalmente eles reservam Hotéis locais, de qualidade altamente duvidosa, antigos (mesmo que relativamente bem conservados) e localizados justamente na divisa dos bairros Bella Vista e Calidonia (mas que tanto as Agencias quanto os Hotéis informando estando em Bella Vista, e não em Calidonia…). E o pior: como eles tem acordo de tarifa, é provável que o preço final para você, cliente, fica quase igual ao de um Hotel de 3 a 4 estrelas. Pesquise SEMPRE!
  • Entre em contato com o Hotel para saber das promoções. Os sites oficiais dos Hotéis as vezes dão desconto para pagamento adiantado da hospedagem.
  • Prefira visitar a Cidade do Panamá nos fins de semana, já que os turistas de negócio estão indo embora e quem mora na cidade normalmente vai para o interior ou para as praias, deixando os Hotéis vazios e louco por hóspedes.
  • Da mesma forma, se quiser ir para a Praia, prefira ir nos dias de semana, pois os Hotéis e Resorts estão mais vazios e, por isso, fazem promoções.
  • Impostos (7%) são pagos a parte.
  • Verifique se o Hotel cobra taxa de serviço (que flutua entre 10 a 20% dependendo da cadeia).
  • Está em dúvida da localização? Visite o Guia que preparei para tentar de ajudar um pouco…
Quarto Riu Plaza. Foto tripadvisor.com

 

 

Casco Antíguo: os encantos da cidade colonial

Casco Antíguo, à noite. Foto por Anderson Alves
Casco Antíguo, à noite. Foto por Anderson Alves

Se tem um lugar que eu acho que não pode passar em branco em uma visita à Cidade do Panamá, esse lugar é o Casco Antíguo (ou Casco Viejo). Mas atenção: não confunda o Casco Viejo com Panamá la Vieja. Como explicado neste post, Panamá la Vieja foi o local onde a primeira Cidade do Panamá foi fundada, lá pelos idos de 1500. Logo após o incêndio que consumiu a cidade, os moradores foram transferidos para o que hoje é o Casco.

Assim, o Casco foi criado em uma península que quase margeia a entrada do canal, numa área mais elevada e que fora fortificada na época para evitar saques. O Panamá sempre teve uma importância estratégica para a Espanha, os piratas sempre encontravam facilidades para saquear a região em busca do ouro que seguia para a Europa.

Assim, o Casco traz muita história consigo, além de uma certa dose de charme. Suas ruelas estão sendo recuperadas e o Governo tem um grande projeto de isenção de impostos e financiamento à juros baixos para pessoas e empresários que queiram reformar os casarões do século XVIII conservando as fachadas. Portanto, toda essa política de conservação vem transformando o Casco no point cultural e gastronômico da cidade.

Foto Area do Casco, porSkyscraperCity
Foto Area do Casco, por SkyscraperCity
Mapa 3D do Casco
Mapa 3D do Casco
180o da Plaza de Francia, por Anderson Alves
180o da Plaza de Francia, por Anderson Alves
Casto Antíguo, detalhe a partir da Igreja Matriz. foto por Anderson Alves
Casto Antíguo, detalhe a partir da Igreja Matriz. foto por Anderson Alves
Paseo las Bóvedas: onde comprar artesanato e chapéo Panamá...
Paseo las Bóvedas: onde comprar artesanato e chapéo Panamá…

Sabidamente, aqui “é o lugar” para ver e ser visto. Onde turistas e expatriados se encontram nos fins de semana “de balada”. Habitam aí uma série de albergues e pequenos hotéis de luxo (estilo hotéis de charme/boutique), bares com festas eletrônicas, casas de salsa e restaurantes de nível internacional.

Mas tudo bem, se você não é morcego (ou seja, não gosta de badalar à noite) a luz do dia também oferece muitos atrativos: quase todos os restaurantes abrem para almoço, além disso você pode visitar o Museu do Canal Interoceânico (que é uma complementação do Museu do Canal da Eclusa Miraflores), visitar uma das várias igrejas centenárias do local (inclusive a igreja do altar de ouro),  comprar artesanato dos índios Kuna Yala, ou simplesmente andar à esmo pelas ruas charmosas do local exercendo seus dons fotográficos.

Mas atenção: O Casco Antíguo faz divisa com o bairro de San Felipe, que ainda é uma zona perigosa (você viu o filme 007 – Quantum of Solace? Pois é, as cenas rodadas naquele bairro pobre, parecendo uma favela, foram feitas aqui, em San Felipe), então tenha cuidado para não sair do Casco e acabar em San Felipe por acidente. No entanto, é muito fácil se localizar, se você subitamente não ver mais prédios históricos bonitos e começar a ver casas velhas de madeira, aí sim, você saiu do casco e está em San Felipe…

O Caso Antiguo è somente esta península delimitada pela linha pontilhada.
O Caso Antiguo é somente esta península delimitada pela linha pontilhada.
Lembra do Filme 007 - Quantum of Solace? Pois é, aqui é onde James Bond "fica hospedado". Mas o è Instituto de Cultura, na realidade.
Lembra do Filme 007 – Quantum of Solace? Pois é, aqui é onde James Bond “fica hospedado”. Mas o è Instituto de Cultura, na realidade.
Como ignorar suas ruelas charmosas?
Como ignorar suas ruelas charmosas?

No mais, o Caso é um local bastante seguro: é aí que fica a presidência da república e o Ministério de Relações Exteriores, então há grande patrulhamento da Policia Nacional e da Guarda Presidencial. No entanto, sempre é bom tomar cuidado, principalmente à noite, com batedores de carteira travestidos de flanelinhas.

Coisas para fazer no Casto Antíguo:

– Tour de Igrejas históricas;

Tour Fotográfico;

– Paseo las Bóvedas, artesanato indígena (e comprar seu chapéu “Panamá” à USD 20,00) e Plaza de Francia;

– Almoço ou janta em um de seus vários restaurantes internacionais;

– Visita ao Museu do Canal Interoceânico;

– Hospedar-se em um dos Hotéis Boutique;

– Noite de Salsa seja no Habana Panamá ou no Platea Panamá;

– Curtir a noite na micro cervejaria La Rana Dorada ou em um dos bares locais;

– Uma balada eletrônica em um dos bares alternativos do lugar (Teatro Amador, Villa Agustina, Relic Bar, Cobertura do Hotel Tantalo);

Menções honrosas para os “restauranteurs”:

Caso, assim como eu, você pense que a comida é parte essencial e inseparável da viagem, eu recomendo pensar seriamente nos seguintes restaurantes:

Manolo Caracol: super tradicional no Casco, serve somente os famosos “menu degustação” de 6 ou 10 cursos (pratos), tendo como base comida panamenha e colombiana Fusion com ingredientes orgânicos colhidos na fazenda de sua propriedade. Não há Menu fixo predefinido: ele varia dia à dia ou semana à semana, dependendo dos ingredientes disponíveis. Uma experiência super legal! O menu de 10 pratos custa USD 45,00 por pessoa. Garrafas de vinho de USD 30.00 a 80.00. Só atende com reservas.

Veggie Moon - foto por Arcoproperties
Veggie Moon – foto por Arcoproperties
Menu Degustação do Manolo Caracol
Menu Degustação do Manolo Caracol
Menu Degustação do Manolo Caracol
Menu Degustação do Manolo Caracol
Menu Degustação do Manolo Caracol
Menu Degustação do Manolo Caracol
Menu Degustação do Manolo Caracol
Menu Degustação do Manolo Caracol

Veggie Moon: restaurante especializado em comida vegetariana e frutos do mar, tem um ambiente super cool e uma cozinha deliciosa! Média de preços (prato principal) USD 14,00.

Veggie Moon – foto por Arcoproperties

Veggie-Moon-Restaurant

Parmesano de Beringelas @ Veggie Moon
Parmesano de Beringelas @ Veggie Moon
Salda de Arroz @ Veggie Moon
Salda de Arroz @ Veggie Moon
Petit Gateau @ Veggie Moon
Petit Gateau @ Veggie Moon

Tantalo Hotel & Kitchen: por fim, além de se hospedar em um super Hotel Boutique, o Tântalo também tem uma ótima cozinha de “tapas”,e ao final da janta, você pode subir ao terraço para aproveitar uma bela vista da baia do Panamá tomando um mojito ou uma margarita ao som de DJs ou música ao vivo.

Tantalo Hotel & Kitchen. Foto por www.jetfeteblog.com
Tantalo Hotel & Kitchen. Foto por http://www.jetfeteblog.com
Tantalo Hotel & Kitchen. Foto por www.jetfeteblog.com
Tantalo Hotel & Kitchen. Foto por http://www.jetfeteblog.com
Tantalo Hotel & Kitchen. Foto por www.jetfeteblog.com
Tantalo Hotel & Kitchen. Foto por http://www.jetfeteblog.com
Tantalo Hotel & Kitchen. Foto por www.jetfeteblog.com
Tantalo Hotel & Kitchen. Foto por http://www.jetfeteblog.com
Noite de Tapas no Tantalo. Foto por Anderson Alves
Noite de Tapas no Tantalo. Foto por Anderson Alves

Onde se hospedar na Cidade do Panamá?

Fonte: Ritz Hotel, cortesia
Fonte: Ritz Hotel, cortesia

Bom, eu não sei quanto a vocês, mas escolher um Hotel, para mim, é a parte mais delicada e estressante da viagem! Muita gente acha besteira, mas uma localização ruim, uma cama desconfortável, uma roupa de cama e toalhas sujas, café da manhâ duvidoso podem melar uma viagem e fazer você começar seu dia de férias de mau humor.

No meu conceito, tampouco é preciso ficar sempre num super Hotel 5 estrelas, mas ficar em um Hotel confortável e bom é essencial – mas se for “chique”, melhor!  Por isso sempre gasto muito tempo pesquisando Hotéis quando organizo minhas viagens.

Comentários do Booking.com e Tripadvisor valem ouro (mas há de ser criterioso, pois há pessoas que reclamam por reclamar, e outros que acham tudo uma excessiva maravilha).

Imagem Google, com adições de Anderson Alves, zonas hoteleiras da Cidade do Panamá
Imagem Google, com adições de Anderson Alves, zonas hoteleiras da Cidade do Panamá

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E não de outra forma,  uma das perguntas que mais me fazem é: qual o melhor lugar para ficar em (Cidade do) Panamá?

Bem, eu moro no Panamá, então não me hospedo nos hotéis, mas deles eu conheço: localização, lobby, serviços e restaurantes. Infelizmente não posso dar o serviço completo sobre o quarto, principalmente, mas uma coisa posso te ajudar: dar dicas de boas localizações e aspecto geral dos Hotéis.

E isso eu considero um super ponto positivo no Panamá: a cadeia hoteleira é muito, mas muito nova. Muitos Hotéis tem menos de 5 anos de vida (muita gente me conta que há 10 anos, o Panamá só tinha “pulgueiros” como Hotéis. Hoje não!).

Atualmente as principais e mais luxuosas cadeias de Hotéis estão na Cidade do Panamá – principalmente as americanas. Pelo fácil acesso a materiais de boa qualidade, os Hotéis são, em geral, desenhados por arquitetos internacionais e tem mimos e decoração de “primeiro mundo”, e o melhor: a um preço que eu considero relativamente justo.

Por que justo? Bem, há 6 meses fui a Sampa a trabalho, fiquei num flat na Alameda Jaú (pra ficar perto do metro), e paguei  USD 140.00 na diária mais barata que achei (pesquisando em vários Hotéis) e fiquei em um apartamento velho, com carpete antigo, cama nada confortável… Aí pensei: com 140 dólares, na Cidade do Panamá, eu me hospedaria no Waldorf Astoria!

 

1. Como ver o “Guia de Hotéis”

O que eu fiz abaixo, para vocês, foi relacionar os bairros/localizações mais “fáceis” ou importantes da Cidade com melhor estrutura turística. Assim cada secao é um bairro que eu recomendo para hospedagem (com uma breve justificativa).

Ai você deve clicar em cada imagem (de mapa) que vai abrir o mapeamento da localização e nome do hotel (no canto superior esquerdo do Mapa).

ATENÇÃO: não quero induzir ninguém a determinado Hotel, tampouco estou ganhando comissão de nenhum Hotel para isso. O post é puramente “ajudativo”, no mais, mãos à obra para pesquisar as avaliações e seu gosto (e bolso)!

 

2. Mapa de Hotéis:

Zona do Canal: Região em volta da Eclusa de Miraflores. Bom pra quem quer somente visitar o Canal e fazer compras no Albrook – ou se precisa pegar o voo cedinho no aeroporto nacional para San Blás ou Bocas del Toro. No mais, é o que fica mais longe das  opções turísticas e gastronômicas da Cidade. Conseguir um táxi pode ser meio difícil também.

Canal

Causeway Amador: no geral, fica uma zona mais isolada, na entrada do lado Pacífico do Canal, então tem um grande fluxo de navios. É um local bom pra quem quer ir ao Arquipélago de Las Perlas (Isla Contadora y San José) e precisa pegar o Ferry muito cedo (as 7:00h). O local fica cheio aos sábados e domingos, pois é o ponto preferido dos residentes para passar o dia, fazer exercícios e andar de bicicleta… Os Hotéis não costumam ser muito bem avaliados…

cause

Casco Antíguo / Casco Viejo: o que eu chamo de “Pelourinho do Panamá”, onde a cidade foi reconstruída pelos anos de 1700. Uma arquitetura antiga hispânica sem igual, ruas charmosas, é muito legal para tirar fotos. Tem vários restaurantes de alta qualidade e é onde a vida noturna turística no Panamá acontece: turistas de todo mundo se encontram ai para comer, beber, dançar salsa e ir as festas eletrônicas, mas ao mesmo tempo é um lugar tranquilo e aconchegante. É um lugar de Hotéis Boutique, veja abaixo as opções:

casco

Calle Uruguay: outra zona boemia da cidade, onde os residentes e panamenhos  “mais jovens” vão para as noites de “rumba” no sábado, regadas ao reggaetón (basicamente o “funk” hispânico, mas com menos vulgaridade). Lugar também tem muitos restaurantes e tem saída fácil para praticamente todos os pontos da cidade (fácil em termos físicos, pois o transito do dia de semana as vezes enche o saco)

uruguay

Bella Visa / Obarrio: uma zona bem central na Cidade, fica entre as principais Avenidas da cidade: a Via España y a Calle 50 (e também as que tem o transito mais caótico por causa das obras viárias e do metrô que acabam em Dezembro de 2013). Há boas opções de restaurantes e comércio de rua, além de Cassinos e um grande movimento de pessoas, pois vários bancos tem suas sedes nesta região. O melhor de tudo é o metrô que começa a operar em 2014 e vai ter duas paradas na Via España, assim quem estiver hospedado nas redondezas vai poder ir ao Albrook Mall de forma segura e barata! Cuidado ao caminhar durante a noite!

Bella

El Cangrejo / Via Argentina: uma zona residencial, calma e arborizada, que fica ao lado da Via España e com saída fácil pro Canal e pro Albrook Mall, há apenas 3 km do Multiplaza e do Multicentro. Há ótimas opções de restaurantes (melhores peruanos da cidade, incluso o La Mar) bares, fast food e comércio de rua, além de Cassinos e vários bancos que tem suas sedes nesta região. O melhor de tudo é o metrô que começa a operar em 2014 e vai ter duas paradas na Via España, assim quem estiver hospedado nas redondezas vai poder ir ao Albrook Mall de forma segura e barata!

cangrejo

Av. Balboa: uma zona de alto tráfico, ao lado da pista elevada e ao redor do shopping Multicentro de do Crown cassino. Tem muitas opções de fast food e compras. Tráfico é caótico nas horas de pico por causa das obras da Via Israel. Mas tem fácil saída para o lado norte da Cidade (praias do pacífico, canal e Albrook Mall). Fácil saída também para o Aeroporto de Tocumen.

balboa

Punta Pacífica: é a zona residencial de mais alto valor da cidade, com edifícios altíssimos e apartamentos milionários. O problema é a densidade populacional que faz o trânsito virar um caos nas horas de pico (agravado pelas obras viárias na Av. Brasil com Av. Israel. Considero 2 pontos positivos: proximidade com o Shopping Multiplaza (O “Iguatemi” ou “Cidade Jardim” do Panamá, que tem as lojas de mais alto luxo da cidade e se pode ir a pé), e fácil saída para o aeroporto de Tocumen. Por causa das obras e do transito, por enquanto é um pouco desafiante ir para outras áreas do Panamá na hora de pico (fora da hora de pico, é super tranquilo).

pacifica